Possuir a casa própria é o sonho de quase todos os brasileiros.

Ter seu próprio espaço para viver com tranquilidade, sem a necessidade de pagar aluguel, é o objetivo de muitas pessoas.

Graças às linhas de crédito e financiamento imobiliário disponíveis, a compra do imóvel próprio está ficando cada vez mais acessível. Porém, comprar um imóvel financiado ainda é uma uma decisão de alto impacto na renda.

Assim sendo, possuir objetivos financeiros claros é imprescindível para quem deseja adquirir um novo imóvel.

Entenda seu momento de vida

Jovem, recém-casado ou com filhos?

Entender seu momento de vida ajuda a desenvolver o seu plano financeiro para os próximos anos, visto que a decisão de adquirir um imóvel não acontece repentinamente.

O entendimento da sua situação atual permite você olhe para os seus gastos atuais e futuros, podendo avaliar as suas capacidades financeiras para assumir um financiamento.

Acompanhe seus gastos mensais

Quem não sabe para onde o dinheiro está indo, não consegue planejar os próximos passos.

Acompanhar as entradas e as saídas de recursos é essencial para manter as contas em dia e controlar o dinheiro.

Planilhas, aplicativos ou agendas: escolha a melhor forma de anotar os seus gastos. Na dúvida, utilize o seguinte modelo:

  • ( + ) Entradas: Todo o dinheiro que você recebe mensalmente (sua renda).
  • ( – ) Saídas: Todo o dinheiro que você gasta mensalmente (suas despesas).
  • ( = ) Fluxo: Entradas menos Saídas (valor restante das suas entradas e saídas).

O fluxo é um ótimo termômetro para sua saúde financeira: quando o saldo é positivo, ou seja, o número de entradas é maior que o número de saídas, sua saúde financeira é estável.

Porém, estar com o fluxo negativo significa que você está com dívidas e precisa reavaliar seus gastos mensais.

Quite todas as suas dívidas

Sabendo seus gastos mensais, você consegue ajustar os seus pagamentos.

Para assumir um financiamento, uma minuciosa análise de crédito é realizada pelo banco, garantindo que você consiga honrar o compromisso assumido.

Caso existam dívidas, programe-se para quitá-las assim que possível e se planejar financeiramente para comprar um imóvel.

20% de entrada, 30% de poupança

A entrada do imóvel ajuda a abater o valor mensal das parcelas, enquanto garante o início do financiamento com a instituição bancária.

Por isso, quanto maior o valor de entrada, menor (proporcionalmente) será o montante a ser pago.

Você sabia que a maioria dos financiamentos bancários para imóveis requerem uma entrada de aproximadamente 20% do valor do imóvel?

E que, geralmente, são aprovados financiamentos em que a parcela mensal não ultrapasse 30% da renda total?

Com essas informações, você pode começar a mudar seus hábitos financeiros para poupar o dinheiro rumo à aquisição do novo imóvel.

A principal dica é adaptar-se com o peso do novo pagamento poupando mensalmente ao menos 30% da sua renda para a entrada do financiamento.

Dessa forma, é possível alterar de forma gradual o seu estilo de vida financeiro em função do sonho maior.

Realize simulações

Você pode realizar simulações para conferir os valores mensais aproximados das parcelas do seu novo imóvel.

Assim, você consegue estipular qual será o valor necessário poupar para a entrada no novo imóvel.

A Fernando Bernz possui um formulário para você realizar uma simulação.

Receba atendimento especializado e receba os melhores conselhos para adquirir seu novo imóvel financiado em Camboriú e região.